sábado, 5 de setembro de 2009

Sem bicicleta

Minha bicicleta foi roubada. Na garagem do prédio em que moro, entre as 19h30 da quinta 3 e as 8h30 da manhã de ontem. Era uma bela bicicleta, que comprei de Victor há menos de um ano.

Tinha deixado na oficina para uma lubrificação. Peguei de volta ao meio-dia da quarta, pedalei até o restaurante, depois de volta para o trabalho e, já à noite, para casa. Estava macia, me fez lembrar do feriado na segunda que vem: dois dias seguidos para pedalar no Eixão do Lazer.

Quinta é dia de ficar preso ao carro. Ela estava na garagem quando saí às 7 da manhã e quando estacionei à noite. Foi a última vez que a vi. No dia seguinte só havia o cabo cortado do cadeado...


Postar um comentário